Este blog pode ser lido tbm nos seguintes idiomas.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Ola pessoal,

     Tenho nos últimos dias visitado vários blogs e olhado vario videos postados no youtube referente aos grupos de dança nas igrejas, e uma coisa em particular tem chamado minha atenção. A dança na igreja não é meramente um instrumento usado pra preencher espaço nos cultos ou eventos evangélicos, e sim um instrumento forte para a propagação da palavra, do poder e do amor de Deus para conosco. Tenho notado que falta um brilho especifico nos inúmeros grupos aos quais tive vendo fotos e videos, um brilho não apenas de pinturas e roupas mas uma luz que flui como águas q jorram das fontes dos rios.
    Não, me interpretem mal!!!! Não estou dizendo que falta unção, não é isso!!! Mas sim que falta entusiasmo que brote das entranhas do teu coração, do teu intimo, do teu espirito, como aquele sorriso que flui com total naturalidade ao se escutar uma boa piada, ou mesmo aquela lagrima de uma dor inexplicável. O fato é que não estamos nos expressando como adoradores de verdade, o que parece é que nos falta algo!
    Outro dia estava a assistir o filme Step Up 3 (Se ela danço eu Danço 3) e pude notar que a força da dança deles vem muito além de querer dançar ou aparecer por meio da dança. Mas sim de uma força maior que é uma junção de saber, querer e brilhar. Neste filme notamos que cada integrante do grupo de dança tem um motivo pelo qual o levou a dança, muito além do saber teve também um querer, que levou toda a equipe a brilhar juntos. O que nos falta para alcançar tal brilho???
    Querido Leitor, essa é uma receita que ninguém pode lhe fornecer, pois não depende de mim o brilho de meu parceiro ou vice-e-versa, mas sim que cada um faça a sua parte para que se chegue a exatidão perfeita. Temos que colocar mais paixão em nossas coreografias, fazer mais caras e bocas ao dançar (não estou falando de coisas exageradas), mas que tudo isso venha do teu intimo com Deus, ofereça a Ele muito além que apenas gestos ensaiados, ofereça o teu sacrifício em forma de gestos inexplicados da dança porem com todo o teu ser. Dançar para Cristo vai além de si mesmo, além das explicações cabíveis ao ser humano, afinal quem pode explicar a intimidade de um adorador??!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por Email